PINTEREST

Trem Panorâmico na Suíça: Bernina Express


O trem Panorâmico Bernina Express foi o último passeio de trem pela Suíça. Se quiserem acompanhar as dicas dos outros passeios panorâmicos, deixarei os links abaixo.

O trajeto dele é de Chur a Tirano (há um percurso de ônibus de Tirano a Lugano).Eu peguei o trem em Saint Moritz, onde foi a minha última cidade suíça. Para quem estiver visitando o norte da Itália e não tiver tempo para conhecer a Suíça, sugiro que faça, pelo menos, o passeio do Bernina Express.

Todos os trens panorâmicos passam por paisagens belíssimas, mas o trajeto do Bernina é de tirar o fôlego: IMPERDÍVEL!



O Bernina também oferece vagão de primeira classe. Acredito que todos eles possuem esse tipo de vagão especial, onde você pode ter mais espaço nas poltronas. O que observei foi que a segunda classe não recebe um guia de viagem contendo informações como a história de cada trajeto percorrido, os nomes das estações de trem e dicas de viagem de cada lugar, como o que fazer e onde se hospedar.




Se o seu plano é percorrer a Suíça em 20 dias (como eu fiz), então deixarei um link abaixo, com sugestão da forma mais barata de viajar de trem pela Suíça: o passe Swiss Travel Pass



Onde comprar o bilhete para o Bernina Express?

Você pode comprar direto no site ou agendar o assento, caso tenha o Swiss Travel Pass. Importante falar que o assento será reservado conforme o tipo de vagão que estará no Swiss Travel Pass. Se você comprou o passe para primeira classe, poderá reservar o assento no Bernina Express na primeira classe também. Mas, caso a classe do seu passe seja segunda, só poderá reservar assentos na segunda.



Qual é o trajeto do Bernina Express?

Ao total, ele passa por 25 lugares. São 122 km de trilha ferroviária, passando por 55 túneis, além de 196 pontes e viadutos.



Onde eu peguei o trem?

Eu estava em Saint Moritz e peguei o trem lá, sentido Tirano. Saint Moritz fica 1800 metros acima do nível do mar e é conhecida pelas grandes badalações na temporada de inverno. Um dos pontos mais famosos que amam esquiar, com uma gama de hotéis para todos os bolsos.



Qual foi o trajeto no Bernina Express?

Eu fiz de Saint Moritz até Tirano, passando por:

1- Stazerwald Moorland: há uma pequena represa criada devido a mudanças glaciais.

2- Pontresina: há uma lenda de que os árabes estabeleceram moradia ao norte da aldeia. Em 1850, os alpinistas ingleses começaram a aparecer nessa região mapeada por fazendas e que está em destaque por ser considerada um dos melhores destinos suíços.

3- Lago Bianco and Lej Nair: são lagos artificiais criados pelo fluxo de água no norte  do rio Danúbio até o Mar Negro (lago Bianco com águas cristalinas) e águas no sul que passam pelo rio Po até o mar Adriático (Lej Nair com águas escuras).

4- Ospizio Bernina: estação de trem localizada a 2.253 metros do nível do mar. O Bernina Express faz uma pequena parada e sugiro que você esteja pronto para tirar as melhores fotos da vida. Tanto no inverno, quanto no verão, a paisagem é de hipnotizar qualquer cidadão.

Eu não tive essa dica anteriormente a minha viagem e não sabia, ao certo, quanto tempo poderia permanecer fora do trem para as fotos. O aviso dele de saída é sutil e fiquei preocupada de ficar na estação de trem a pé.. Kkk… As minhas fotos foram tiradas de dentro do trem mesmo.

5- Alp Grüm: nesse ponto, você pode admirar ao fundo parte da cadeia de montanhas que pertence aos Alpes Suíços, divisa com os Alpes Italianos. Poderá ver também a geleira e lago Palü.

6- Palü e a usina hidrelétrica Cavaglia: a usina hidrelétrica ganhou importância nos Alpes após a primeira guerra mundial, em 1926. A sua planta ficou em um formato como de uma fortaleza medieval.

7- Poschiavo: um dos principais lugares do cantão de Grison, é conhecido pela arquitetura renascentista em suas construções. Boa parte da população local é feita de imigrantes ricos que foram com o intuito de construir um refúgio de paz.

8- Viaduto circular Brusio: um dos principais e mais famosos viadutos da região, percorrendo uma curva de 360 graus. Nessa viagem, os passageiros do Bernina presenciaram cenas de noivos fotografando no local.

9- Tirano: cidade conhecida como a porta de entrada milanês, oferece uma variedade de tesouros históricos e rica herança culinária.

O que fazer após a chegada em Tirano?

Há duas estações de trem em Tirano. Uma pequena, por onde você chega através do Bernina Express, e outra maior, por onde passam os trens comerciais de maior fluxo.

Atenção: eu não sabia desse detalhe e quase que perco o meu trem para Milão. Fiquem atentos porque, se você tiver passagem comprada, precisa sair de uma estação, atravessar a rua e entrar na outra.



Geralmente, os trens para Milão param nos corredores do meio da estação, para azar dos turistas que possuem muitas malas. Não há escada rolante na estação e caso o seu trem esteja com o horário muito apertado para saída, sugiro que corra e enfrente as degraus sem pestanejar.



Quantas malas levar em uma viagem de trem?

Na minha primeira vez na Europa, eu levei 2 malas médias e jurei que nunca mais faria isso. Além de ser um exagero, porque você não usa todas as roupas que estão dentro dela, acaba virando mula de carga, levando todo esse peso pra lá e pra cá, além de não ter espaço para trazer itens de decoração, vestuário ou lembrancinhas de viagem.

Levem o necessário! Façam combinações que possam trocar de look sem ter que levar muitas peças. Se forem viajar de trem, é importante saber que muitos vagões na Europa não estão preparados para receber malas médias e grandes, somente pequenas. Então, a sua mala ficará guardada no corredor do trem, bem perto da porta de entrada/saída.

Acredito que não acontecem casos de furtos na Suíça, mas já soube de casos na Itália e França. Eu fico extremamente desconfortável de deixar a mala longe de mim, por isso, quando ela fica fora do corredor dos assentos, acabo sempre levantando antes das paradas do trem para checar se ela ainda está no guarda volumes.

Espero que o meu relato possa ajudar na programação de viagem de vocês . Se estiverem interessados em mais dicas sobre a Suíça, deixarei os links das cidades por onde andei abaixo.

Vejam outros posts sobre a LINDA viagem pela Suíça:


Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:

1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

 


2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.







20 comentários:

  1. Uau, 25 lugares em 122 km de trilha ferroviária? Deve ser um percurso maravilhoso! Adoro quando passa por túneis e, principalmente, por pontes! Concordo contigo, 2 malas médias é só dor de cabeça! O ideal é sempre levar o essencial em uma mala média apenas. Meu objetivo ainda é conseguir viajar só com malinha de mão um dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna, tudo bom?
      Acho que só rolaria mala de mão na Europa se eu fosse comprar roupa em cada destino e depois, doar para alguém no último dia de viagem. kkkk... Nos destinos nacionais, eu já consegui viajar com uma mochila, mas eu preciso aprender a enxugar um bocado quando se trata de viagens longas e internacionais.

      Excluir
  2. Viajar de trem pela Europa é um sonho e essas paisagens da Suíça são de tirar o fôlego! A sétima foto me lembrou muito o viaduto de Glenfinnan na Escócia, com o trem vermelho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, tudo bom?
      As viagens de trem sempre trazem boas lembranças. Os trens panorâmicos na Suíça são sensacionais. Gostei muito de ter circulado pelo país dessa forma, pq a malha ferroviária é grande e eficiente.

      Excluir
  3. Que legal esse passeio! Viajar de trem pela Europa é muito legal porque nos proporciona essas paisagens fantásticas! E a Suíça realmente deve ser encantadora nesse aspecto! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvia, tudo bom?
      As paisagens são incríveis e perdemos muitas delas quando viajamos de avião.

      Excluir
  4. Puxa, que legal! Estamos planejando ir a Suiça ano quw vem e vou usar esse seu post como base para montar o roteiro. Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Makenna, tudo bom?
      Que notícia boa! Eu tenho certeza que você vai amar a Suíça. Quais serão os seus destinos? O blog possui muitas dicas e espero que elas possam te ajudar a planejar a viagem. Pode enviar perguntas com dúvidas, pois as respostas podem ajudar a muita gente também.

      Excluir
  5. Que legal esse passeio. Durou quanto tempo? Quanto custa o bilhete? Eu quero muito conhecer a Suíça e achei bem válido fazer um passeio assim para ver as paisagens. Amo passeio de trem e acho bem seguro. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lorena, tudo bom?
      O passeio leva por volta de 2 horas, mas é sempre bom confirmar no site oficial do Bernina Express, quando comprar a passagem ou reservar o assento. Sobre o preço, eu havia comprado o bilhete SWISS TRAVEl PASS, que já é o bilhete para circular nos trens suíços. Eu somente precisei entrar no site do Bernina para reservar o assento.

      Excluir
  6. Que post é esse?! Gentee!Para tudo! Meu sonho é conhecer a Suiça e agora só fiquei com mais vontade ainda! Parabéns pela dica, já estou salvando aqui seu post para quando eu for usar todas as suas dicas. Não sabia do Swiss Travel Pass e com certeza vou usar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari, tudo bom?
      Sem sombra de dúvidas, o SWISS TRAVEL PASS me ajudou bastante na Suíça. Além das passagens de trem, ele ainda oferece entradas gratuitas em pontos turísticos. Há o link oficial no texto acima para que você possa checar direitinho.

      Excluir
  7. Que luxo de passeio! Esse trajeto do Bernina é fascinante, me encantei! Achei engraçado a parte sobre quantas malas levar, hauahaua eu fui com um mochilão e uma mochila e foi perrengue em algumas estações da Europa, fico imaginando você com 2 malas médias, rs. Já favoritei o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, tudo bom?
      Menina, se arrependimento matasse kkkk... é bem complicado carregar um monte de coisas quando você vai ficar mais de 20 dias viajando. Após um tempo, o seu corpo já começa a ficar cansado e, em vez na viagem ser um meio de descanso, acaba sendo uma tortura.. kkkkk

      Excluir
  8. Nossa, que perfeito! Acho que a suiça, em qualquer trem, é incrível... Agora, num trem panorâmico!!! Quero! Nossa, eu super faria esse passeio também, porque é uma coisa que tenho vontade de fazer e não sabia que tinha na Suíça. A primeira vez que vi sobre um desses foi sobre um trem lá no Alasca. Bom que esse serve também com o Swiss Pass Travel. Ótimo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ígor, tudo bom?
      A vantagem de comprar o SWISS TRAVEL PASS é porque ele cobre todas as passagens de trem na Suíça. No caso dos trens panorâmicos, você só precisa agendar o assento.
      Fiquei interessada nesse trem no Alasca, deve ser um passeio incrível!

      Excluir
  9. A Suiça não tem igual quando se fala em paisagens, né? O país inteiro é feito de vistas deslumbrantes. E é maravilhoso ver isso tudo durante um passeio de trem. Não fiz exatamente o Bernina Express, mas depois deste seu relato, já está no meu radar para quando eu voltar à Suiça. Também fico como você, me levantando para checar se a minha mala continua no local a cada parada de trem da Europa. Coisa de brasileiro mesmo! rsrsrs! Mas acho que na Suiça deve ser mais tranquilo do na Itália e na França!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erik, tudo bom?
      Hoje em dia, eu não coloco a mão no fogo por ninguém.. kkk... eu não ouvi falar sobre roubos de malas na Suíça, mas já há casos de roubo de bikes. Como a gente vem de um país com pouca segurança pública, não tem como ficar em paz, sabendo que a sua mala está numa distância consideravelmente, longe de seus olhos.

      Excluir
  10. Que maravilha! Amo viajar de trem, cada paisagem que a gente encontra, né? To me programando pra ir à Suíça próximo ano e me deparei com esse post é amei, fiquei mais empolgada ainda. Acha melhor ir de trem que alugar carro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirela, tudo bom?
      Olha, eu acho que ambos os meios de transporte tem as suas vantagens. Se você está se programando para visitar somente as principias cidades, sugiro que foque no trem. Ele funciona, é pontual, não precisa se estressar para estacionar o seu carro na rua (estacionamento privado é bem caro) e as hospedagens, que oferecem estacionamento, são mais caras.
      Já o carro, é um ótimo meio de transporte caso queira desbravar o interior, cidades pequenas ou até mesmo, ficar naqueles hotéis fabulosos no alto do penhasco.

      Excluir

Obrigada por sua mensagem!