Trem Panorâmico na Suíça: GLACIER EXPRESS


Visitar a Suíça e não andar em um trem Panorâmico é como ir a Paris e não visitar a torre Eiffel. Um dos melhores programas na Suíça ainda é o passeio de trem Panorâmico.

Falando nisso, nesse post “ Trem Panorâmico na Suíça: Glacier Express”, você terá a noção do famoso percurso pelos Alpes Suíços entre Zermatt e St Moritz, percorrendo 291 pontes e 91 túneis.

História

Tudo começou em 1889, quando a primeira linha foi aberta entre Landquart e Klosters, chegando em Davos, em 1890. Depois, foi a vez da linha entre Visp e Zermatt, em 1891. E por final, chegou a vez de St Moritz, em 1904.

O Glacier Express estreou a sua linha entre Zermatt e St Moritz no verão de 1930 e, em 1993, funcionou o primeiro trem Panorâmico para contemplar uma nova geração de transporte.




Como comprar a passagem do Glacier Express?

Toda a compra pode ser realizada pelo site Glacier Express. Para quem tem o Swiss Travel Pass, precisa somente pagar a marcação dos assentos. Importante lembrar que os assentos serão de acordo com a categoria do passe suíço.

Então, se você comprou para a segunda classe do Swiss Travel Pass, terá que marcar os assentos nos trens panorâmicos na segunda classe também. O mesmo se aplica para a primeira classe.




Qual classe escolher no trem Panorâmico?

Se você passear somente em trens comuns, até indicaria comprar a segunda classe, por ser mais barata, mas se tem planos de pegar os trens panorâmicos, não tenha dúvidas que a primeira classe é o paraíso na Terra.




Há quatro fortes motivos para não comprar os passes na segunda classe:

1- O quesito conforto e atendimento, que são incomparáveis! Os assentos são maiores na primeira classe e, por isso, há uma quantidade menor de pessoas por vagão;

2- Se viajar na alta temporada, você precisa marcar os assentos com meses de antecedência e, se preparar para viajar com grupos grandes e barulhentos nos vagões da segunda classe;

3- O banheiro! Sim, também há uma distinção de espaço entre eles;

4- O espaço para guardar as malas.

Dica: como o passeio do Glacier Express leva oito horas, indico sem pestanejar o serviço da primeira classe.




Quais são os serviços oferecidos durante a viagem?

1- Almoço: se você não incluiu em sua marcação a refeição, pode pagar a parte na hora. A diferença é que o prato sugerido na compra do seu ticket será único, podendo repetir, caso queira. Já para quem não tem a refeição inclusa, poderá escolher um prato a la carte no menu do trem.




2- Bar Panorâmico: fica localizado no meio do trem, podendo ser oferecido bebidas e petiscos. Toda a consumação sendo paga pelo passageiro na hora.


Foto site Glacier Express

3- Postbox (correio): para quem tiver interesse, pode comprar um cartão postal no vagão do Bar Panorâmico e enviá-lo para a família ou amigos de imediato. Há uma caixa de correios no vagão onde você poderá depositar o seu cartão postal.

4- Souvenirs: a equipe de bordo passa com um carrinho vendendo os souvenirs com a marca do Glacier Express.

5- Certificado: tem disponível um certificado que a cia Glacier Express entrega para quem fez a viagem. Ele precisa ser solicitado antecipadamente. Não precisa pagar para pedí-lo.


Foto site Glacier Express

Como é a viagem na primeira classe do Glacier Express?

Assim que você senta em seu assento, receberá um livro com informações sobre o passeio em seis línguas: alemão, inglês, francês, italiano, chinês e japonês. Nele, você poderá acompanhar o roteiro com uma explicação resumida de cada lugar, além de ouvir, pelo fone de ouvido a história dos pontos mais marcantes da rota.




Os pontos marcantes são: Zermatt, Visp, Brig, Andermatt, Oberalppass, Disentis, Rhine Gorge, Reichenau, Chur, Landwasser Viaduct, Davos, Filisur, Albula Line, St. Moritz.

Os assentos são reservados em mesas para duas pessoas ou quatro. O meu caiu junto com uma família japonesa e pude trocar uma ideia com a filha em inglês, já que os pais só falavam japonês.




Por incrível que pareça, o único barulho que eu escutava no vagão era dos cliques das máquinas. Não havia um entra e sai do vagão e grandes grupos. Sugiro até, que reserve os assentos da janela, para facilitar nos momentos dos registros fotográficos.


Foto site Glacier Express


1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

 

2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.








24 comentários:

  1. Que post incrível! Confesso que seu pudesse me transportar eu queria estar nesse trem. Eu não sabia da existência dissoooo minha gente, achei mega máster sensacional! O post está super completo e as fotos lindas, já favoritei o post, para quando eu tiver oportunidade de conhecer a Suiça, fazer o passeio de trem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, tudo bom?
      Há algumas rotas belíssimas de trem pela Suíça e o Glacier Express é uma delas! A viagem é fantástica, passando por muitos lugares encantadores.

      Excluir
  2. Oi Dani, adorei o seu relato e achei as fotos lindas!! Quanto custou essa viagem pela primeira classe, e qual a diferença de preços entre elas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaqueline, tudo bom?
      A viagem é de tirar o fôlego!! Uma experiência única!! Os preços podem variar, então sugiro que cheque diretamente no site do passe Swiss Travel Pass (mencionado no post).

      Excluir
  3. Com o seu post vc ja me convenceu a andar na primeira classe.. hahahaha Adorei o relato!! a diferença de preço entre as duas classes é muito grande? Em media a viagem dura qto tempo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata, tudo bom?
      Uma experiência única!! Os preços podem variar, então sugiro que cheque diretamente no site do passe Swiss Travel Pass (mencionado no post). A viagem no Glacier Express é um das mais longas, mas isso vai depender onde será o seu próximo destino. Eu fiz de Zermatt a St Moritz.

      Excluir
  4. Gente! Antes desse seu post eu iria a Paris e não visitaria a Torre Eiffel >.<
    Eu não sabia desse trem panorâmico e Amei!! Com certeza já está na minha lista do que fazer lá! Meu sonho é conhecer a Suíça e esse passeio não vai faltar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari, tudo bem?
      A Suíça é encantadora, mas os passeios são um pouquinho mais caros do que em outro lugar na Europa. Eu sempre faço sugestões de hospedagem em conta para que o brasileiro possa se virar bem nas cidades. Vale a pena fazer todos os passeios que o dinheiro possa pagar, então, fique de olho nos preços das hospedagens para que a sua viagem seja inesquecível.

      Excluir
  5. Sabe o velho "barato que sai caro"? Pelo seu relato, acho que se aplica bem a quem inventa de comprar a segunda classe do trem panorâmico... Para um passeio longo desse e com visuais tão incríveis, um conforto é indispensável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manuela, tudo bom?
      Em poucas palavras, você disse TUDO!..kkk.. Em alguns momentos, vale a pena investir no conforto e economizar de outro lado, como a hospedagem (você só volta para tomar banho e dormir). Tenho boas sugestões de hospedagem nos posts para que você possa gastar bem o seu tempo e dinheiro nos passeios incríveis.

      Excluir
  6. Nossa Dani que demais esse post! Sei dessas viagens incríveis pela Suiça de trem mas esse do Glacier Express é de arrepiar. Super explicadinho seu post com tudo que precisamos pra fazer essa maravilha de viagem! Já vou favoritar esse post pra quando visitar a Suíça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liany, tudo bom?
      Há outros passeios de trem super bacanas, mas o Glacier Express é fantástico! Espero que você possa visitar a Suíça em breve e ver de pertinho que maravilha de lugar!

      Excluir
  7. Já fiz algumas viagens de trem pela Suíça, mas nunca viajei no Glacier Express e fiquei morrendo de vontade agora. Essa viagem parece ser sensacional. As vistas são muito lindas né e olha o tamanho dessa janela. Fiquei curioso pra ver as fotos da segunda classe hehe. A diferença de preço entre uma classe e outra é muito grande??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wagner, tudo bom?
      Essa viagem é uma experiência única!! Os preços podem variar, então sugiro que cheque diretamente no site do passe Swiss Travel Pass (mencionado no post).

      Excluir
  8. Quero muitooooo fazer esse passeio. Fiquei com mais vontade agora! O passeio em primeira classe é de tirar o fôlego heim? Simbora juntar o dindin pq esse destino promete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Viviane, tudo bom?
      A Suíça é de tirar o fôlego! Uma viagem incrível que vale a pena fazer!

      Excluir
  9. Que experiência incrível!! Eu acompanhei essa sua viagem pelo Instagram e fiquei maravilhada. Vou querer fazer tudo isso quando for a Suíça. Dicas salvas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Glaucia, tudo bom?
      Aos poucos, eu estou escrevendo com detalhes toda a viagem no blog. Já tem muitos posts com dicas preciosas sobre os passeios. Se tiver alguma dúvida, pode incluir nos comentários, pois pode ajudar um próximo viajante também.

      Excluir
  10. Caraca!! 291 pontes e 91 túneis?? Que irado! Achei demais a vista e ficar sentadinha junto à janela. Também não sabia que eles serviam almoço, mas depois que li que a viagem dura 8h era se esperar, ne? Adorei a experiência, tenho mt curiosidade sobre a Suíça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sthefania, tudo bom?
      Sim, é uma viagem longa, que requer um pouquinho mais de conforto. A paisagem é estonteante e sentar na janela faz toda a diferença. Eu tenho certeza que você vai amar a Suíça.

      Excluir
  11. Viajar nesse trem é muito coisa de cinema! A única vez que viajei em um trem panorâmico na vida foi para chegar até Águas Calientes, no Peru. Essa experiência de viajar pela Suiça faço questão de ter e também concordo contigo, acho que o investimento na primeira classe, nesse caso, vale sim muito à pena: mais espaço, mais conforto e consequentemente uma viagem mais prazerosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna, tudo bom?
      Acredito que se você pode investir um pouco mais pelo conforto, a viagem acaba sendo mais prazerosa. Lógico que há formas de economizar para que os custos não fiquem exorbitantes, como na hospedagem (onde você volta para tomar banho e dormir). Os hotéis na Suíça são bem caros em comparação a média da Europa. Sempre pesquiso hoteis antes da viagem e deixo a minha lista no post para ajudar o próximo viajante.

      Excluir
  12. ola. muito legal o teu post. saberia dizer se eu tiver o swiss pass 2a classe, ainda assim posso reservar na 1a classe?(por algum valor a mais)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bom?
      Sim, você pode comprar uma passagem de primeira classe, à parte, sem vínculo com o seu passe Swiss Travel Pass.

      Excluir

Obrigada por sua mensagem!