PINTEREST

TOP 10: praias na Costa Esmeralda, na Sardenha!



A Sardenha é a segunda maior ilha do Mar Mediterrâneo, perdendo somente para a Sicília, e possui três aeroportos em: Olbia (nordeste), Alghero (noroeste) e Cagliari (sul).

Nesse post "TOP 10: praias na Costa Esmeralda, na Sardenha! ", eu falarei sobre o destino mais visitado da ilha, devido à concentração de pequenas praias e ilhas paradisíacas. Ela fica no norte e nordeste da ilha, onde há uma demanda maior por hospedagem de luxo.

Se tiver curiosidade de conhecer o sul da ilha, confira as dicas sobre Villasimius, um paraíso escondido.


Como ir para a Costa Smeralda?


A melhor opção é pegar um voo de Roma para Olbia. Eu fiz diferente, como estava em Cagliari (sul), fui de carro de Cagliari para Santa Teresa Di Gallura e depois, Olbia.

Não é sempre que há voos com bons preços para Olbia. Quando eu pesquisei, o preço da passagem para Olbia estava 3x maior do que para Cagliari, que é a capital da ilha e possui um número maior de voos comerciais.


Quantos dias ficar na Sardenha?


Para que você possa conhecer as principais regiões da ilha, sugiro que fiquem, pelo menos, 14 dias. Mas caso queira conhecer cada região numa viagem distinta, eu recomendo um período de até  7 dias (que vai depender do seu gosto por praias com água gelada).




Qual é a melhor época para visitar a Sardenha?


Definitivamente, no verão! Os preços são mais altos, mas o custo X benefício é melhor caso você queira curtir bem as praias e mergulhar bastante nas águas cristalinas do Mediterrâneo.

Atenção: a água é gelada! E só o Sol para te aquecer! Sugiro que levem toalha de banho para se enxugar logo, caso esteja ventando. Nós, brasileiros, temos o costume de levar canga para a praia e nesse caso, ela não vai te aquecer e enxugar.




Como andar pela Sardenha?


Com certeza, a melhor opção para andar pela Sardenha é alugando um carro. Sem carro, a sua viagem fica muito limitada. Mas essa escolha vai depender do tipo viagem que você está planejando.




Se for do tipo desbravador, o carro será o seu melhor amigo, mas caso queira uma viagem sossegada, com hospedagem num resort em frente à praia, talvez seja melhor fechar um transfer do aeroporto até o hotel.

Vejam os passos de como tirar a Permissão Internacional de Direção (PID).

Onde ficar na Costa Esmeralda?


Mesmo eu lendo alguns blogs indicando o Airbnb, eu comparei o custo X benefício com o Booking.com e achei que valeria a pena fechar a hospedagem num hotel do que alugar uma casa ou quarto.




Se vocês forem em um grupo com quatro pessoas ou mais, talvez valha a pena alugar uma casa e dividir as despesas.

O inacreditável foi que peguei uma mega promoção pelo Booking.com no resort GeoViallage, que é maravilhoso na província de Olbia. Acreditem! Eu paguei um terço do valor comercial da diária sendo que, seria o mesmo valor que eu pagaria se eu fosse ficar em um quarto no centro de Olbia.




Ele era fantástico, enorme e com muitas atividades. O hóspede tinha direito a conhecer o spa terapêutico do resort, com um tratamento aplicado através do vapor da água e hidromassagem. É um mega complexo com saunas de todos os tipos e hidromassagens para todas as partes do corpo. Fantástico!




Para quem quiser mais informações do resort, deixarei o link para que vocês possam acompanhar as oscilações de preços. Vai que vocês tenham essa sorte e consigam um preço camarada como eu consegui?! :-)

O que levar ou comprar na Sardenha?


Para que vocês possam aproveitar bem o período de férias nas praias da Sardenha, sugiro que levem alguns itens, como:

1- Sapatilhas ou sandálias para andar nas pedras:

Muitas praias são de areia branca e fina, mas, algumas mais escondidas do público, longe da aglomeração, têm pedrinhas que trazem um certo desconforto aos pés, caso não estejam com um calçado apropriado.

2- Filtro solar, boné e óculos escuros: 

Ítens indispensáveis para o kit praia.

3- Toalha de banho:

Importante levar para dias com muito vento, pois a água nessa região é gelada.

4- Bóias: 

Hoje em dia, há vários tipos de bóias, algumas famosas nas mídias sociais, como as de formato de animais / frutas e outras, mais comuns, como espaguete ou estilo bambolê.



5- Guarda-Sol: 

Para quem não pode pegar muito sol, que é o meu caso (sou muito branquinha). Eu tenho o hábito de comprar no mercado mais próximo da minha hospedagem e depois, após o uso, presentear um viajante no meu último dia de viagem.



6- Água e lanche: 

Levar um kit de sobrevivência para quem gosta de explorar praias desertas e só voltam para a civilização, no final do dia. Lembrando que é IMPORTANTE guardar todo o seu lixo na bolsa para jogar fora numa lixeira apropriada.


O que fazer na Costa Esmeralda?


A Costa Smeralda é uma faixa que vai desde Santa Teresa Di Gallura até São Teodoro, com uma infinidade de praias de todos os estilos e tamanhos.

Sugiro que façam uma lista com alguns nomes de praias e, chegando lá, decidam quais visitar. Com certeza, vocês passarão por perto de outras que nunca ouviram falar, podendo ser uma ótima opção para sair do roteiro já carimbado pelos blogs.

As praias de Santa Teresa Di Gallura e do Arquipélago De Maddalena serão mencionadas num post exclusivo sobre o arquipélago.

Vamos a alguns nomes que valem a pena anotar:


1- Porto Cervo: 

Até agora, é a região mais desenvolvida para o turismo na Costa Smeralda, por isso, a mais cara também. Você vai encontrar uma infinidade de hotéis, pousadas, condomínios residenciais e lojas de luxo prontos para atender o turista.





Dica: dizem que a melhor Night está em Porto Cervo.



2- Cala Di Volpe: 

Essa região ficou famosa, pois foi cenário do filme 007 O Espião Que Me Amava. Quem recepcionou a equipe foi o Hotel Cala Di Volpe, da rede Starwood, que foi um dos cenários de filmagem.



3- Spiaggia Bianca: 

Ela ficava próxima ao meu hotel, que inclusive, tinha um restaurante na praia. Você precisa sair da estrada e pegar uma descida íngreme até a beira do mar. Lá embaixo, haverá uma indicação onde estacionar o carro.




Dica: não indico se o dia estiver chuvoso, pois o carro pode ficar atolado.


4- Spiaggia Di Cala Sassari: 


Uma praia com infraestrutura para a família: estacionamento, restaurantes, quiosque e aluguel de barco/canoa. Se você tiver disposição, pode ir a pé até a Spiaggia Bianca.


foto ilustrativa Google

5- Spiaggia Di Cala Sabina: 

Uma praia privada, que precisa pagar para entrar. Há um clube que oferece bar, restaurante e espreguiçadeiras para passar o dia.

6- Spiaggia Cala Moresca: 

Ela é bem reservada, precisa pegar uma estrada de terra e depois, uma trilha de dez minutos para chegar na praia. Há muitas pedras e pouca areia, dependendo da maré.

Você tem uma vista linda da isola Di Figarolo (ilha) e pode ir até o “velho semáforo” no topo de Capo Figari. Mas, cuidado! Porque o relevo é assimétrico e íngreme com falésias de até 200m de altura.


foto ilustrativa Google

Dica: indico a praia somente na baixa temporada, pois há ônibus do centro de Olbia que leva o pessoal até próximo dela e como a baía é pequena e sem infraestrutura, fica bem complicado receber tantas pessoas ao mesmo tempo.

7- Cala Brandinchi: 

Ela é considerada pelos locais como o Tahiti da Sardenha, por isso, recomendo que chegue cedo. Há infraestrutura como bares, restaurantes e espreguiçadeiras, que são pagas à parte.




Ela fica protegida da correnteza forte, por isso, famosa pelas famílias com crianças pequenas. Logo que você passa pela guarita, vai encontrar uma bifurcação: se for para esquerda vai para a praia com infraestrutura e à direita, vai para um canto da praia onde fica a galera que não se importa com conforto.

Nessa parte da praia, fica já caminho andado para a Spiaggia Di Lu Impostu, que fica bem próximo dali.

8- Spiaggia Di Lu Impostu: 

Uma praia mais sossegada que oferece no final, umas mesas no estilo picnic para passar o dia com a família.




9- Puntaldia: 

Uma praia mais reservada, que precisa entrar dentro de um condômino para ter acesso.


foto ilustrativa Google

10-La Cinta: 

Uma das praias da região, que possui areia branca, mas que é controlada por vários Beach clubs. Se você não gosta dessa vibe, talvez não vai curtir muito esse destino.


foto ilustrativa Google

Dica: é o point da galera jovem, rolando música o dia todo com djs.

O que comer na Sardenha?


Por se tratar de uma ilha, a mesa principal acaba sendo de frutos do mar. Os risotos e espaguetes com frutos do mar estão em quase todos os cardápios.







1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

 

2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.









Nenhum comentário

Obrigada por sua mensagem!