Praias no Espírito Santo

O que fazer na Praça de São Marcos?




O que fazer na Praça de São Marcos, em Veneza?


Esse post foi elaborado para que os marinheiros de primeira viagem possam interagir melhor com as opções de visita na Praça de São Marcos. Alguns lugares são muito procurados e outros, passam desapercebidos pelos visitantes.


Por isso, eu fiz um guia de museus da Praça de São Marcos para que todos possam ter conhecimento das atrações no metro quadrado mais disputado de Veneza.


1_Palácio Ducal ou Palácio do Doge: está localizado na Praça de São Marcos e sua arquitetura é de cair o queixo. Seus contornos são milimetricamente construídos pela arte gótica veneziana e, se suas paredes falassem, haveria muitas outras histórias pra contar além das que são ditas oficialmente.
PALÁCIO DUCAL OU PALAZZO DUCALE

Os Doges eram os governantes em Veneza na Idade Média e o Palácio Ducal, sua residência oficial. Esse palácio foi utilizado por alguns impérios importantes no mundo como a República Veneziana, Império Napoleônico e Austríaco. Depois da anexação de Veneza ao Reino da Itália, ele virou um museu, o qual prevalece até hoje.


PALÁCIO DUCAL OU PALAZZO DUCALE
Para quem gosta de visitar museus e observar com mais detalhes as obras expostas e sua arquitetura, sugiro que deixe, pelo menos, umas três horas para essa visita. Cada corredor apresenta seus encantos, além de apresentarem quadros de pintores renomados como os dos italianos Ticiano e Tintoretto.


PRISÃO
Há uma prisão que possui conexão com o palácio através da Ponte do Último Suspiro. Os presos, caso fossem condenados pelos magistrados, eram levados para a prisão, após o julgamento dos crimes cometidos, passando pela ponte como se fosse seu último suspiro de liberdade.


PONTE DO ÚLTIMO SUSPIRO


A visitação faz parte do Venice Museum Pass.

2_A Basílica de São Marcos: é a mais famosa das igrejas de Veneza, possui uma mistura de arquiteturas bizantina e gótica e sua cúpula é coberta de desenhos formados por mosaicos dourados.


BASÍLICA DE SÃO MARCOS
A entrada da Basílica é gratuita e só paga caso queira subir para o segundo piso onde tem o terraço com vista para a Praça São Marcos, além de visitar o museu onde ficam os cavalos originais que ficavam na frente da basílica e vieram de Constantinopla.


BASÍLICA DE SÃO MARCOS
Há um tumulo dos restos mortais de São Marcos que está localizado no centro do altar principal. Essa é a igreja mais concorrida de Veneza e se você tem o desejo de vê-la por dentro, precisa ter paciência, pois sempre há filas quilométricas para entrar.

A visita do terraço e do museu não está inclusa no Venice Museum Pass.


3_Torre do Campanário: onde se tem uma vista linda de Veneza e não se desesperem com a quantidade de degraus que terão que subir, pois há elevador para chegar até o topo dela.


TORRE DO CAMPANÁRIO
A visita da Torre não está inclusa no Venice Museum Pass.


4_Torre do Relógio: onde você avista um dos maiores relógios astronômico do mundo que mostra as horas, as fases da Lua, as estações do ano e os planetas.


TORRE DO RELÓGIO
No alto, você encontra duas estátuas, em bronze, que batem as horas e, abaixo do terraço, o leão alado com o fundo da parede estilo veneziano com o livro de São Marcos aberto.

A visita da Torre não está inclusa no Venice Museum Pass.


5_Museu Correr: o museu contorna a Praça São Marcos, com seus edifícios que já foram gabinetes e casas dos procuradores da República, além da Ala Napoleônica que hoje é a sede do museu.

Antes da invasão de Napoleão, a praça não era fechada pelos edifícios em forma de U, pois havia a igreja de San Gimigniano a qual foi saqueada pelos franceses e depois demolida. A Ala Napoleônica foi construída no lugar dela, com o intuito de envolver a praça com três edifícios em suas laterais, transformando o lugar como sede do Palácio Real da corte francesa.




O nome Correr veio em homenagem ao magnata Teodoro Correr, descendente de uma família tradicional veneziana que deixou sua coleção de arte à cidade de Veneza.


TERREO ONDE ACESSA A ESCADARIA PARA O MUSEU CORRER

Além da Ala Napoleônica, que é luxuosa, o museu tem um amplo registro da vida cotidiana de Veneza ao longo do tempo através de documentos, figuras, quadros e etc.



ENTRADA DO MUSEU CORRER
A visita do museu está inclusa no Venice Museum Pass.

Site: Museu Correr



6_Museu Arquiológico: faz parte do percurso integrado do Museu Correr, nos edifícios que contornam a Praça São Marcos. 

Nele você pode admirar coleções de esculturas gregas, pedras preciosas e cerâmicas, além de sarcófagos romanos.


A visita do museu está inclusa no Venice Museum Pass.



7_Biblioteca Nacional Marciana: faz parte do percurso integrado do Museu Correr, nos edifícios que contornam a Praça São Marcos. 

Ela é a ultima parte do percurso, bem em frente ao Palácio Ducal, aberta a visitação somente dos quartos monumentais da antiga livraria de São Marcos, abrigando algumas exposições temporárias.


A visita do museu está inclusa no Venice Museum Pass.




Conheça também o post Planejamento de Viagem em Veneza.



2 comentários:

  1. Daniiiiiiii!
    Maravilhoso roteiro !
    Parece uma italiana para orientar tão bem os percursos desta cidade onde todos se perdem !!!!
    Vá bene...
    Bacci nel cuore!
    KB

    ResponderExcluir

Obrigada por sua mensagem!