PINTEREST

Nova York de Graça! Guia com 27 pontos turísticos imperdíveis!


Lista de ouro!! já que a cotação do dólar está aumentando, a cada dia, e deixando vários brasileiros, que já compraram a sua passagem para NY, desesperados!

A lista "Nova York de Graça! Guia com 27 pontos turísticos imperdíveis!" é uma ótima alternativa como dicas de Nova York para quem já conhece a cidade e prefere curtir uma outra vibe na próxima viagem.

Vamos lá! Vale a pena compartilhar com os amigos!!

1- Central Park: 

Faça chuva ou faça sol, é pulmão verde no meio da selva de pedra. Impossível visitar a ilha e não andar, nem que seja, por cinco minutinhos no Central Park. Ele é referência de vários tipos de turismo, desde o guiado por bikes até os pontos estratégicos onde foram gravados filmes famosos de Hollywood. Vejam dicas dos filmes aqui.

Foto do site

2- Estátua da Liberdade: 

Quando eu fui, paguei o passeio, pois nem tinha ideia de que havia uma barca para Staten Island saindo do Whitewall Terminal. Essa barca é de GRAÇA!


Se você for completamente apaixonado pela história americana, sugiro que pague pelo passeio, mas fora isso, não acredito que vale a pena pagar.

3- Andar da Broadway até à zona financeira de Manhattan

Sim, eu já fiz isso.. Kkk..  e acreditem, nessa viagem eu consegui entender o movimento de cada bairro da ilha e curti cada esquina.


4- Ver de pertinho o famoso touro do Financial District. 

Dizem que ele dá sorte para o centro financeiro nova-iorquino, então, não custa nada passar a mão nele.

Foto no site

5- Federal Reserve Bank: 

Esse tour é bem concorrido e sugiro que façam a reserva com antecedência. O destaque fica para a visita ao cofre recheado de barras de ouro. Veja como fazer a reserva no site.

6- Passear pelos bairros descolados:

de Manhattan como o Meatpacking, Soho, Little Italy e Greenwich Village.


7- O Village:  

Você pode fazer o seu tour por conta própria pegando o mapa no escritório do Village Alliance.

8- High Line Park no Meatpacking District: 

Ele é suspenso e possui uma vista linda. Sugiro que visitem esse espaço no final do dia para assistir o pôr do sol. Há bares e restaurantes por perto e você pode emendar numa Night, tranquilamente.

Foto no site

9- Atravessar a Brooklyn Bridge a pé: 

Se você tiver tempo, vale a pena, pois além das fotos clichês na ponte, você faz uma linda travessia. Você acha dicas do que fazer no Brooklyn e aproveitar bem o seu passeio nesse post.

10- City Hall: 

A visita vale por causa do jardim, mas você pode agendar para conhecer a cúpula e a sala do governador.

Foto no site

11- Memorial do World Trade Center e Museu:

O Memorial possui entrada gratuita e o museu está com a entrada free todas as terças a partir das 16h. Para isso, reserve a sua entrada no site. Com certeza, um lugar que marcou para sempre as vidas das famílias nova-iorquinas. O trágico e impetuoso ataque do dia 11 de Setembro.

12- Grand Central Station: 

Provavelmente você passará por ela, mesmo que não queira.. Kkkk… A principal estação de trem da ilha. Vejam os horários do tour gratuito na cabine de informações no salão principal e não deixe de olhar para cima, para apreciar a obra do artista francês Paul Helleu.

Foto no site

13-Biblioteca pública: 

Ela está aberta para visitação. O interior do prédio é belíssimo é caso você esteja passando por perto, vale a pena entrar.

14-Rockefeller Center: 

Natal em Nova York! Se você estiver visitando Manhattan na época natalina, vale super a pena passar por essa região. Além da belíssima árvore de Natal, há também lojas de luxo internacional com suas vitrines chamativas, uma pista de patinação (pago) e um dos principais prédios que possuem mirante na cidade.

Foto no site

15- Bryant Park: 

Se estiverem visitando a cidade entre dezembro e fevereiro, a pista de patinação do parque é de graça. A dica durante o verão é o Summer Film Festival, você pode assistir filme enquanto faz o seu picnic. Vejam as atividades e toda a programação do parque no site.

16- St Patrick Cathedral: 

A sua arquitetura neogótica revela toda a sua imponência, criando um ar bucólico para os apreciadores de arte. Há tour gratuito no interior da catedral, vejam no site.

Foto no site

17- Arte em Chelsea: 

Para quem adora ver o que rola no mundo da arte nova-iorquina, vale a pena conhecer as galerias em Chelsea. Vejam os lançamentos e exposições no site.

18- Chelsea Brewing: 

podem programar um tour no site. Caso seja fã de cervejas artesanais, vocês podem encontrar mais dicas  no post sobre Dicas no Brooklyn, para agendar a sua visita na Brooklyn Brewery também.

Foto no site

19- Chinatown: 

Essa região não muda tanto de um país para o outro. Um lugar onde vocês podem conhecer melhor a cultura chinesa: há lojas de tudo o que você possa imaginar, além dos restaurantes com comida típica.

20- Time Square: 

Como não se impressionar com as luzes dos letreiros na área comercial mais famosa do mundo?! 

Além dessa explosão de luzes à noite, vocês estarão circulando perto de algumas lojas emblemáticas como a M&M, Hershey’s, Toys R’Us, Disney, Forever 21, Sephora, Macy’s entre outras. Elas são consideradas as mega stores que viraram atração turística na cidade. 


Foto no site
Dica plus: Verifiquem se ainda há um free walking tour saindo da Time Square Visitors Center.

21- Os Museus: 

No meu ponto de vista e caso você não tenha muito tempo na cidade, os principais são o American Museum of Natural History (Museu de História Natural) e o Metropolitan (MET). Ambos possuem preços sugeridos de entrada nas bilheterias, mas vai depender do seu perfil para pagar ou não pela entrada. 

Eu paguei e pagaria todas as vezes para entrar, pois entendo como é difícil e custoso manter um museu desse porte funcionando.

22- Lincoln Center: 

Já tive o privilégio de assistir a Filarmônica de Nova York no Lincoln Center. Mas há outras apresentações lindas e famosas como o New York City Ballet e a Metropolitan Opera.

Há alguns eventos gratuitos durante o verão, por isso, vale a pena conferir a programação no site.


Foto no site

23- Shows e atividades gratuitas: 

Nos sites Time Out, NYCGO e Club Free Time

24- Bondinho para a Roosevelt Island: 

Você pode ir de metrô, mas vale a pena pegar o bondinho, que fica a 80m de altura. Se você tiver o MetroCard, não precisa pagar pelo passeio, é só passar o cartão.


Foto no site
A proposta é andar pela ilha de norte a sul: na ponta sul você vai encontrar o Franklin Roosevelt Four Freedoms Park e ao norte, o Lighthouse Park

Dica plus: caso não queira andar muito, há ônibus gratuitos circulando na ilha.


25- Governor’s Island: 

Você também pode pegar ferry gratuito, nos finais de semana, antes das 11:30h. Caso não consiga chegar a tempo, o valor do transporte é popular. Durante a primavera e o verão, há uma programação gratuita na ilha, além de ser um cenário perfeito para um picnic.

26- Long Island City: 

Um dos bairros que está entrando na moda, devido a frequência do público descolado e artístico. Nesse momento, há muitos hotéis com preços acessíveis, hamburguerías e shows de stand up.


Foto no site

27- Open House New York: 

Espero que você seja o sortudo que estará em Nova York durante o evento. Só acontece uma vez por ano, num final de semana.

Vários edifícios famosos abrem as suas portas de forma gratuita. Vejam a data no site.



Sugestões de hotéis em Nova York:



  1. Hotel Pennsylvania
  2. World CENTER Hotel
  3. AKA Wall Street
  4. AMSTERDAM Court Hotel
  5. EVEN Hotem New York
  6. The MARCEL at Gramercy
  7. DREAM Midtown
  8. La QUINTA Inn & SUITES New York City CENTRAL PARK
  9. HOLIDAY Inn Manhattan FINANCIAL District
  10. Hyatt NEW YORK Herald Square/5th Avenue



1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

 

2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.








Nenhum comentário

Obrigada por sua mensagem!