Lugares imperdíveis de compras em Amsterdam


Nesse post sobre “Lugares imperdíveis de compras em Amsterdam”, eu indicarei os lugares mais famosos e imperdíveis e outros, curiosos que valem a pena conferir.

Definitivamente, Amsterdam não é a capital de compras, mas é impressionante a quantidade de lojas nacionais, internacionais e redes de departamento na cidade. Percebe-se que as famílias holandesas vão até Amsterdam para fazer as suas principais compras, além de um grande mercado voltado para a capital da Holanda.


Quem procura promoções, sugiro que visite a cidade nos meses de Janeiro e Julho. Como eu não sou muito fã do frio, prefiro ir no verão para a Europa e já peguei varias promoções boas em Julho.

As roupas na Europa não são tão baratas como nos EUA, mas, com certeza, são mais estilosas. Fiquem atentos para os horários das lojas, pois fecham cedo, comparando com os horários no Brasil. Somente na quinta-feira ficam abertas até 21h, nos outros dias, fecham por volta das 18h.

Atenção: muitas lojas não abrem aos domingos, sendo um dia sem movimento na cidade.

Seguem as dicas abaixo:

1- Leidseplein: É um complexo comercial, com restaurantes, lojas e CASINO. Tem o Hard Rock Café, a loja da Apple e o CASINO Holland.

Como ir? Fica em frente à entrada do Vondelpark.


2- Leidsestraat: é a extensão da Leidseplein, rua de pedestre e com muitas lojas variadas. Achei os preços mais caros nos extremos da rua. Então, se forem procurar um lugar pra comer ou algo em específico para comprar, fuja dos extremos.


3- Kalverstraat: é uma das ruas famosas de compras de Amsterdam e fechada para pedestres. Tem site para divulgar o comércio local.

Como ir? ela começa na Praça Dam.


4- Albert Cuyp Market: um dos mercados de rua mais famoso no mundo, que, no passado era um canal movimentado, sendo aterrado para construção de casas. Vende-se de tudo um pouco desde roupas, flores, comida em geral e muito mais.

Como ir? fica perto do Heineken Experience, como uma referência de localização.


5- PC Hoofstraat: se está procurando as marcas de luxo como Prada, Armani, Diesel, Louis Vuitton, Dolce & Gabbana, Bulgari entre outras, então achou o lugar certo.

Como ir? fica entre o Vondelpark e o museu Van Gogh


6- Praças Rembrandtplein e Dam: pontos de formigueiro humano.. Kkk.. e cheios de lojas, restaurantes e cafés.



7- Mercado de Pulgas:

Waterlooplein é o famoso mercado de pulgas em Amsterdam. Há de tudo um pouco, preferencialmente, objetos e roupas usadas, mas, hoje em dia, não você encontra até objetos novos, que foram deixamos de lado pelos compradores.

Como ir?  fica perto da Ópera. Pode descer no ponto do elétrico Waterlooplein.


O Noordermarkt não é tão famoso como o anterior, então só vale a pena conferir caso tenha mais tempo na cidade.

Como ir? fica um pouco afastado dos pontos clássicos do turismo, no bairro Jordaan. Se você ainda não conhece a Casa de Anne Frank, talvez, valha a pena dar uma caminhada até o Noordermarkt.


8- Lojas de departamentos:

De Bijenkorf é uma das mais sofisticadas, onde você pode encontrar as últimas novidades da moda e peças de luxo.

Como ir? na praça Dam. Como eu estava hospedada perto da praça Dam, fiquei bem pertinho dela.


V&D é uma rede conhecida por toda Holanda, com preços bons e muito frequentada pela classe média local.

Como ir?  fica localizada perto da Munttoren, Torre da Moeda.


Hema é uma das lojas mais famosas de departamento devido o seu preço, que comparado às outras, é bem mais acessível.

Como ir? há em vários pontos da cidade, sugiro que pesquise pelo Maps.

9- 9 straatjes: é super legal para quem gosta de brechós, ateliês e arte em geral. Parece um centro voltado para essa pegada num design diferente. Não é tão conhecida pelos turistas em geral, então a rua não fica tão cheia como as outras. Também tem site com todas as informações necessárias.

Como ir? fica entre o Amsterdam e Houseboat museum.


 10- Arena Boulevard: o foco dessa zona da cidade, que é mais afastada, são as mega lojas de esporte e eletrônico. Como eu já tinha em mente em visitar a Decathlon na França e não estava interessada em comprar eletrônicos em Amsterdam, acabei não visitando. Mas dizem, que o Media Markt é um dos melhores lugares para eletrônico, então fica a dica.

Como ir? descer na estação de metrô Bijlmer


Curiosidade:

No dia do rei, 27 de Abril, um dos poucos feriados na cidade, você pode encontrar mercados livres em vários pontos. Geralmente, as pessoas vendem os seus objetos antigos e usados por um preço simbólico, como uma jaqueta por 3 euros, oi?!

Agradecimento a minha amiga Cintia Prado, que ajudou com algumas informações para a elaboração desse guia.

Todas as fotos foram retiradas do Google. Na minha última vez em Amsterdam, eu estive febril e tirei poucas fotos do comércio. 


Seguem algumas sugestões de hospedagem em Amsterdam:


Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:

1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

 


2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.







Vejam também:


Rijksmuseum: o melhor museu de Amsterdam

Do aeroporto Schiphol a Amsterdam

O que fazer em Amsterdam




Nenhum comentário

Obrigada por sua mensagem!