PINTEREST

7 vinícolas em Bento Gonçalves e arredores


Quando visitei o Rio Grande do Sul pela primeira vez, em 2001, fiz um passeio fantástico por Gramado e seus arredores, conhecendo um pouco do Vale dos Vinhedos. Mas, na época, o foco era o passeio da Maria Fumaça.

Há pouco tempo atrás, uma amiga querida, a Natássia Nunes, fez o mesmo circuito, sendo que o objetivo de sua viagem foi conhecer com mais calma algumas vinícolas de Bento Gonçalves e arredores.

Bento Gonçalves se tornou a cidade base para quem está buscando esse tipo de experiência: o enoturismo na região sul do país. 


Foto Natassia Nunes
A Natássia fez essa viagem com um grupo de amigos, passeando por diversas vinícolas, degustando dos melhores vinhos/espumantes e experimentando a gastronomia local.

O post “ 7 vinícolas em Bento Gonçalves e arredores” informará como foi a visita nas vinícolas, criando um ranking crescente das vinícolas que ela mais gostou.

Como chegar em Bento Gonçalves?

Se você não mora na região sul, há voo diário para Porto Alegre e de lá, vale a pena alugar um carro até Bento Gonçalves. Mas se você estiver em Gramado, pode contratar um bate volta com uma agência de turismo e reservar algumas noites em Bento Gonçalves.

Ambas as viagens duram aproximadamente 2h de carro. Vejam os mapas abaixo para que possam ver a localização de cada lugar.




ATENÇÃO: se o foco da sua visita nas vinícolas é experimentar os vinhos, então sugiro que NÃO dirija, por favor! Ou faça as visitas com alguém que não bebe bebida alcoólica ou contrate um transfer com uma agência de viagem para a segurança de sua família, amigos e terceiros que circulam nas ruas e estradas.

O que fazer antes de visitar as vinícolas?

Se você gosta de apreciar um bom vinho, mas não tem uma boa resistência para a bebida alcoólica, sugiro que:

  1. Tome um café da manhã reforçado;
  2. Leve uma garrafa d'Água;
  3. Aprecie os vinhos com moderação;
  4. Reserve almoço e jantar nos restaurantes das vinícolas.

Itens importantes que facilitará a sua visita nas vinícolas:

  1. Use tênis ou calçado confortável;
  2. Leve casaco leve, pois a temperatura na serra pode cair, mesmo em dias quentes;
  3. Reserve o horário da sua visita nas vinícolas mais conhecidas;
  4. Contrate um transfer para que você possa beber à vontade.

Quais vinícolas visitar em Bento Gonçalves e arredores?

São muitas, o que acaba dificultando. Na lista abaixo, 7 vinícolas serão comentadas pela Natassia, que falará das que mais gostou.

Há quatro grandes vinícolas nessa região: Salton, Miolo, Aurora e Casa Valduga, das quais três foram visitadas e estão na lista abaixo.

1- Salton: a vinícola fica localizada no Vale do Rio das Antas. Você precisa pegar a rodovia RS-470 sentido Tuiuty. Ela é considerada uma das maiores do país, familiar e 100% brasileira.



Há três tipos de roteiros de visitação na vinícola: Tour Intenso, Tour Gerações (degustação com tábua de frios e presença de Sommelier) e Tour da Vindima (transfer, pisa das uvas, degustação, almoço)



Comentários: “a visita foi produtiva, pois havia uma enóloga nos recebendo. Com certeza, isso faz toda a diferença num tour pela vinícola! Paga-se uma entrada, mas o valor é revertido em compras. Não tem como sair sem levar para casa um vinho da vinícola Salton!”

Dica: a equipe de vendas da vinícola escolhe um produto para ser vendido com isenção de impostos. Fiquem de olho nessa promoção!

Horário de atendimento:
De segunda a sexta das 9h às 16h
Sábados das 10h às 16h
Domingos e feriados das 11h às 16h


2- Don Giovanni: localizada no alto da cidade de Pinto Bandeira, VRS 805, Linha Amadeu, km 12. Ao todo são 17 hectares de vinhedos.



Comentários: “visita com enólogo, o tour foi ótimo! A localização do terreno da vinícola me chamou a atenção, com uma vista fantástica! Após a degustação, fomos até o mirante para tomar mais uma taça de vinho durante o pôr do sol. Uma experiência única!”




Dica: o restaurante da vinícola é top! Mas é importante que façam a reserva antes do dia da visita. Contato: (54) 3455-6294 / 6293 / 7377.

Horário de atendimento:
De segunda a sexta das 8h às 17:30h
Sábados das 9h às 17:30h
Domingos e feriados das 9h às 13h

3- Casa Valduga: localizada no Vale dos Vinhedos, foi eleita uma das melhores vinícolas do país e selecionada para a lista das 100 melhores do mundo, concorrendo com mais de 50 mil vinícolas de vários continentes.



Comentários: “ela é muito conhecida e com uma ótima infraestrutura para receber os seus visitantes diariamente. Por isso, é impossível evitar os grandes grupos. Ela oferece um mini curso de degustação no final da visita e a taça é oferecida como presente para você”.




Horário de atendimento:
De segunda a sábado das 9:30h às 18h
Domingo e feriados das 9:30h às 17h

Contato: (54) 2105-3122 ou (54) 2105-3154


4- Miolo: localizada no Vale dos Vinhedos e considerada uma das maiores da região. Oferece tanto tour pelos parreirais com degustação ao final, quanto minicursos com visitação e degustação acompanhado por um enólogo, além de noções de harmonização e análise sensorial.



Dica: precisa consultar o horário para o minicurso, pois depende da disponibilidade do enólogo da casa. Para grupos com mais de 15 pessoas, precisa de agendamento prévio para qualquer tipo de visitação. (Tel 54 - 2102-1540 / 1537)



Comentários: “a visita foi interessante, com várias informações sobre a história, produção e forma de armazenamento do vinho. A degustação finalizou o tour com chave de ouro”.

Horários de atendimento:
De segunda a sábado, visitas guiadas das 9h às 14h, 16h e 16:30h
Domingos: 10:30h, 11:30h, 12h, 13:30h, 14:30h e 15:30h

5- Peterlongo: fica localizada em Garibaldi e mantém em suas instalações a tradição da região francesa de Champagne, apresentando uma cave subterrânea e uma residência em forma de castelo.



Comentários: “acredito que sejam poucas vinícolas fora da região de Champagne, na França, que chamam o seu espumante de champanhe. A degustação inclui os vinhos e suco de uva. A loja possui vários produtos desde acessórios para vinhos a linha de cosméticos”.



Horário de atendimento:
De segunda a domingo das 9h às 16h


6- Cooperativa Garibaldi: criada para incentivar e desenvolver o trabalho de produtores pequenos, que após a crise de 1929 se viram com excesso de vinho acumulado devido à dificuldade de comercialização. O grupo inicial foi de 73 produtores que fundaram a Cooperativa Garibaldi, hoje, contendo 370 famílias associadas.


Foto Natassia Nunes
Comentários: “seu vinho conquistou respeito com a aprovação pela Diocese para a consagração do Santo Ofício da Missa Católica. Há uma apresentação de como abrir a garrafa com uma faca e a degustação inclui os vinhos e suco de uva”.




Dica: precisa agendar caso o grupo seja com mais de 10 pessoas no tel (54) 3464-8104

Horário de atendimento:
De segunda a sábado das 9h às 17h
Domingos e feriados das 10h às 15h

7- Cave de Pedra: localizada no Vale dos Vinhedos, apresentando uma arquitetura medieval e que prioriza a produção dos espumantes através do processo Champenoise.



Comentários: “a visita começa no túnel do castelo, seguindo para as caves subterrâneas. Há uma ligação com outro castelo onde fica a produção dos vinhos e espumantes. A degustação é feita durante o tour”.




Dica: foto na torre do castelo como pano de fundo o Vale dos Vinhedos.

É necessário agendar a visitação do grupo que tenha acima de 15 pessoas. Tel (54) 3459-1267

Horário de atendimento:
De segunda a sábado das 9h às 18h
Domingos das 9:40h às 17h


Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:

1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

CAIXA PROMOCIONAL

 


2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.








2 comentários:

  1. Nossa, sempre quis conhecer uma vinícola, você só me deixou com ainda mais vontade ao ler esse post! Adorei, meus parabéns, seu blog é lindo ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada uma com o seu charme! Vale super a pena conhecer, tenho certeza que você vai adorar. Fico feliz que você está gostando do blog, obrigada! <3

      Excluir

Obrigada por sua mensagem!