POMPEIA: a cidade devastada pelo vulcão Vesuvio!


Eu estava hospedada em Nápoles, que foi um ponto estratégico para circular melhor pela região. As facilidades de transporte em Nápoles são melhores do que em outras regiões, contendo muitas opções de saídas de trens e barcos para outros destinos e as hospedagens são mais acessíveis também.

Fiz um bate e volta em Pompéia para conhecer a fabulosa história de uma cidade que foi erguida por rochas vulcânicas e sido fundado pelos oscanos no século VIII a.C. 

Depois de um tempo, a cidade se rendeu ao ditador romano Sillas e tornou-se um centro residencial por famílias nobres. Mas a fama dessa pequena região surgiu após ser manchete da destruição que a erupção do vulcão Vesuvio causou na cidade no ano 79 d.C.

Uma tragédia inesperada devido acreditarem que o Vesuvio era classificado como um vulcão adormecido. Grande parte da população foi pega de surpresa e morreu soterrada pela lava e cinzas, que cobriu a região por quase 6 metros de altura. Dizem que a força da erupção foi tão grande, que até hoje, você pode observar que se formou uma enorme caldeira, devido à destruição da parte superior do vulcão pela lava.


Curiosidade: “a maioria dos corpos encontrados estavam em posição fetal e pela teoria dos arqueólogos, é uma posição comum adotada por pessoas que morrem de asfixia. Muitos deviam ter sufocado com os gases superquentes que atingiram a cidade durante a erupção.” (www.megacurioso.com.br)

Nesse post "POMPEIA: a cidade devastada pelo vulcão Vesuvio!", eu falarei da minha experiência em Pompeia.

Como chegar em Pompéia?

Super fácil. Chegando na Napoli Centrale, ferroviária de Nápoles, pegue as escadas rolantes para descer até a Napoli Garibaldi, onde tem um guichê para compra o bilhete do trem da companhia Circumvesuviana.


ATENÇÃO: há duas estações em Pompeia: a Pompei Scavi, que fica quase em frente à porta Marina e a estação Pompei, por onde eu cheguei na cidade.

Na distração, acabei informando ao rapaz do guichê somente Pompei e os trens que vão para essa estação, não param na Pompei Scavi. No início, fiquei bem chateada por ter comprado errado o ticket, mas depois, até achei que valeu a pena. Por quê?

Porque percebi que quem chega pela Pompei Scavi, acaba percorrendo duas vezes os trajetos principais das escavações, pois, terá que ir até o outro lado e voltar tudo de novo.

Já eu fiz o percurso do turismo que dorme em Pompei, entrando pela Porta Nocera, onde há um edifício envidraçado com exemplos de pessoas petrificadas e que fica bem pertinho do Anfiteatro, ainda com uma estrutura impecável. Percorri os caminhos principais e sai na porta Marina, que fica pertinho da estação Pompei Scavi.

O que fazer em Pompeia?

O ponto alto é visitar as escavações com vestígios da época pré-romana. Como chegar nela? Estava comentando acima que cheguei em Pompeia pela estação Pompei. Assim que eu saí da estação, peguei a via Piave e segui até chegar no santuário de Nossa Senhora do Rosário e Piazza Bartolo Longo.

Como sabia que eu ficaria bastante tempo andando pelas escavações, aproveitei para comer uma pizza Napolitana num restaurante localizado na esquina da praça. Após isso, fui até o centro de turismo de Pompeia, que fica em frente ao santuário. Fui atendida maravilhosamente e pude tirar algumas dúvidas da região.


Segui a via Roma até chegar na Porta Nocera, onde comprei o bilhete de entrada. Logo após a catraca, você já pode ver de longe o Anfiteatro Di Pompei.




Seguem uma lista de alguns lugares interessantes e que estão mais conservados:

1- Anfiteatro
2- Casa della Venere
3- Thermopolium
4- Odeion
5- Terme Staniane
6- Lupanare
7- Terme Centrali
8- Casa dei Vetti
9- Casa del Fauno
10- Casa della Fontana Grande
11- Foro
12- Templo Di Apollo
13- Basílica

A via Dell’Abbondanza é a principal dentro das ruínas, onde te leva a outras ruas periféricas. Muitas atrações estão situadas nessa via e se for andar de ponta a outra, terá o Anfiteatro bem próximo a ela e o Foro na outra ponta.




Separe um dia para ver, conhecer e entender com calma como foi a civilização e destruição de Pompeia. 

Seguem abaixo alguns lugares por onde passei em Pompei Scavi:





























Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:

1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 



2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.





Vejam também: 


Fuja do óbvio em ROMA

Onde comer em Roma?

Como ir do Fiumicino até o centro de Roma?

Pôr do sol em SORRENTO

CAPRI: a pérola da Itália!

Como chegar na ilha de CAPRI?

TOP 10: lugares imperdíveis em MILÃO!



Nenhum comentário

Obrigada por sua mensagem!