Guarapari para você amar!


Fiz um bate e volta em Guarapari. Se arrependimento matasse, já estava mortinha e enterrada agora.. Kkk.. 

Há tantos lugares incríveis em Guarapari e em seus arredores, que da próxima vez, reservarei duas noites na cidade para curtir com mais calma os lugares que mais gostei.

O que fazer em Guarapari?

Como estava hospedada em Vila Velha, praia de Itaparica, acordei, tomei café e fui para estrada para aproveitar o dia. Um dos acessos é através da rodovia do sol (ES-060), que vai de Vila Velha até a Guarapari.
DE VILA VELHA PARA GUARAPARI


Antes de chegar em Guarapari, você passa por um pedágio e logo depois, já pode fazer a primeira parada em Setiba.


A praia de Setiba merece que você reserve um dia inteiro. Além dela ser linda, com água transparente e calma para as crianças, tem também quiosques por quase toda a orla oferecendo infraestrutura com cadeiras, guarda-sóis e cardápio completo com petiscos, almoço e bebidas.



Infelizmente, a minha passagem por Setiba foi muito rápida, mas tempo suficiente para conhecer e sentir saudades. A praia fica localizada após o Parque Estadual Paulo César Vinha, um parque ambiental que protege a flora e fauna da região.
Voltando para a estrada, resolvi pegar a rota beira mar, em vez da autoestrada, podendo curtir mais um pouco a beleza que eu estava deixando para trás. Atenção com as estradas internas, porque são estreitas e famílias com crianças andam por ela.

A segunda parada já foi no município de Guarapari, onde estacionei o carro perto da praia da Cerca. O mar nesse ponto já é bem mais agitado, apresentando uma corrente de ar forte também.




O lugar onde fiquei por mais tempo foi no Parque Morro da Pescaria. Você entra no parque mediante o pagamento de uma pequena taxa, que contribui para manter a limpeza e manutenção da região.



Há uma pequena e leve trilha, que contorna o parque até chegar à praia do Ermitão. Pelo caminho, você pode parar para apreciar a vista de toda orla de Guarapari e acompanhar passeios de banana boate e escunas que passam próximas ao parque.

A praia do Ermitão é considerada uma praia selvagem, mas contendo próxima a ela, uma infraestrutura do parque como lanchonete, chuveiros e banheiros. Quando fui, esse complexo estava fechado, possivelmente porque era baixa estação.




Definitivamente, é uma das praias que visitei para esquecer da vida! Ela possui um desenho côncavo, com rochas no canto fazendo uma proteção contra correntes marítimas mais fortes. Do outro lado das rochas, você continua caminhando pela areia, mas nesse ponto, as ondas do mar já batem com mais força.



Voltando para o carro, parei para apreciar um pouco mais a orla de Guarapari, sentada em um dos bancos espalhados pelo caminho. Esse ponto é o melhor para assistir o pôr do sol! Imperdível!


Outras praias também merecem uma visita como as praias das Virtudes, Namorados, Castanheiras e Areia Preta. Elas já estão na minha lista para quando eu voltar com mais calma ao Espírito Santo.

A minha última parada foi em Meaípe, na praia de Bacutia. Já tinha ouvido falar dela e não queria ir embora sem passar por ela e bingo! Foi paixão à primeira vista!


Ela é classificada como praia urbana, pois há muitos prédios residenciais ao longo dela, mas selvagem ao mesmo tempo, com poucas modificações em sua formação, com acessos protegidos com cordas deixando o mais seguro e decorado.


Sugiro que reservem um dia inteiro para Meaípe, pois não vão se arrepender! Logo após o morro, no final da via de Bacutia, você encontra a praia de Peracanga, com uma apresentação completamente diferente da anterior: mar batido, com uma corrente de vento forte e uma extensão de areia de perder de vista.

A volta para Vila Velha já foi feita à noite, mas antes, parei na orla de Guarapari para tomar um sorvete e curtir a brisa do mar no calçadão.


Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:

1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 



2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.










20 comentários:

  1. Como é a temperatura do mar e da cidade em maio?
    Estou pensando em ir mas estou com receio de não aproveitar tanto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, tudo bem?
      Hoje em dia, o clima anda mudando muito rápido, mas por se tratar da região sudeste do Brasil, acredito que não estará frio. O que eu posso te dizer sobre a temperatura da água é que não é tão fria quanto a do Rio e nem tão quente quanto a do Nordeste.
      Eu curti bastante a viagem e estou planejando em voltar. Beijos

      Excluir
  2. Daniiii... Que alegria ler esse post!
    Tenho um evento em julho em Vitória e vou esticar por uns dias até Guarapari. Foi ótimo saber as opções de lugares a serem visitados e que um dia é pouco.
    Vou me planejar... Julho é inverno, mas independente da estação, seu post está maravilhoso!
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Makenna, tudo bom?
      Sugiro que pegue o final de semana em Guarapari para conhecer bem o local. Bem, sobre o inverno, os cariocas vão a praia no inverno.. kkk.. Beijos

      Excluir
  3. que delícia dani!! eu não conheço guarapari e já quero passar um feriado prolongado aí pra relaxar, apesar de que deve ficar lotada e cheia de festa ne?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nicole, tudo bom?
      Acredito que a alta temporada em Guaraüari seja durante as férias escolares e feriados. Eu fui quando havia bastante movimento e achei tranquilo. Beijos

      Excluir
  4. Adorei todas as praias, principalmente a praia de setiba, bem do jeitinho que eu gosto: linda e calma!! Adorei e quero conhecer pra ontem já!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaque, tudo bom?
      A Praia de Setiba me surpreendeu. Na próxima vez, eu quero curti o dia inteiro aquele canto. Achei fantástico!

      Excluir
  5. Nossa, que belíssimo post sobre Guarapari. Como mineira, obviamente conheço Guapa..rsrsrs, mas o seu olhar para o local, me fez sentir saudades dessa terrinha boa que mineiro tanto ama. Também fiquei apaixonada por Meaípe... um verdadeiro encanto. Ótimo Post!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandra, tudo bem?
      Eu fiquei fascinada pelo litoral do Espírito Santo. Espero poder voltar em breve.

      Excluir
  6. Guarapari é realmente muito bonita e toda vez que vejo um post sobre esse lugar tenho mais vontade de conhecer! Quanto tempo você recomenda para ficar? É possível conhecer essas praias sem alugar carro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvia, tudo bom?
      Olha, até é possível você conhecer as praias do centro de Guarapari sem carro, mas aquelas mais afastadas, com uma pegada mais selvagem, fica meio complicado.
      Vai depender de qual é o objetivo de sua viagem . Beijus

      Excluir
  7. Confesso que há tempos penso em conhecer o Espirito Santo e o seu post só fez a minha vontade aumentar. As fotos estão lindas e o post muito bem detalhado. Adorei a Meaípe, na praia de Bacutia. Minha mãe conheceu essa belezura que é Guarapari e na época eu ia casar(além de babar nas fotos dela..kkk) e o casamento teria o tema praia, em Guarapari ela encontrou um monte de conchas para vender e embelezou mais ainda meu casório.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, tudo bom?
      Que máximo aproveitar a viagem para comprar alguns itens de decoração para o casório! Pelo visto, a sua mãe aproveitou bem a viagem. Espero que você possa conhecer logo esse cantinho do Brasil e que as minhas dicas te ajudam a encontrar a sua praia preferida. Beijos

      Excluir
  8. Estive em Guarapari muito anos atrás e adorei recordar alguns lugares através do post. Dicas muito bacanas e post completinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, tudo bom?
      Fico feliz que você gostou das dicas e espero que possa retornar a Guarapari em breve.

      Excluir
  9. Dani, cometi o mesmo erro que você e me arrependi super! Guarapari merece mais que um dia...
    Fui com a família e ficamos apenas em Meaípe, então não conheci nada!
    Adorei seu roteiro e as dicas! Vou me programar também para ficar 2 noites por lá.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayane, tudo bom?
      Pois é, as vezes a viagem acaba sendo muito corrida ou a gente não recebe dicas boas dos amigos sobre o lugar. Agora que fui, vi e registrei, espero que todos possam retornar com calma para aproveitar melhor. Beijos

      Excluir
  10. É realmente um lugar maravilhoso! Com certeza deve ter sido muito difícil fazer somente um bate e volta. Já ouvi muito bem de lá e agora mais do que nunca quero conhecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari, tudo bom?
      Sim, foi bem difícil dizer tchau para essa região do Brasil. Eu espero voltar em breve e curtir as minhas praias preferidas com calma. Beijos

      Excluir

Obrigada por sua mensagem!