Conheça Vila Velha, no Espírito Santo!


Fui há pouco tempo para o Espírito Santo e fiquei impressionada com o que vi: uma região planejada, com muitos edifícios novos e outros sendo construídos, restaurantes que se destacam por sua gastronomia, além de belos lugares para visitação.

O estado está entre outros dois estados brasileiros, que são disputadíssimos se tratando de local ideal para tirar férias: Rio de Janeiro e Bahia.

Mas posso dizer que ele se destaca por sua beleza natural e não perde em nada para os seus vizinhos.



Fui de avião, que acaba sendo uma ponte aérea Rio-Vitória. Há muitos voos para Vitória de vários cantos do Brasil, então é só ficar de olho nas promoções para agendar a sua visita a um estado promissor.

Infelizmente, não fiquei muitos dias para curtir melhor todo o circuito que eu queria fazer, mas foi o suficiente para deixar um gostinho de quero mais.


Nesse post "Conheça Vila Velha!", eu falarei sobre a minha experiência nesse local pouco conhecido pelo turismo em geral.

Chegando ao aeroporto de Vitória, há um balcão do Serviço de Atendimento ao Turista com uma pessoa à disposição para tirar suas dúvidas e disponibilizar mapas e opções de lugares para visitar, comer e se hospedar. Mesmo eu já sabendo o que iria fazer, fui até o balcão para dar uma olhada nos folhetos e interagir com o rapaz que me atendeu muito bem.



Após sair do setor de embarque, você pode escolher entre as diversas maneiras de se locomover: alugar um carro, chamar um uber, taxi ou pegar um ônibus. 

A via principal da cidade, por onde passam os ônibus, fica bem pertinho do aeroporto e as linhas podem te levar até o centro de Vitória ou Vila Velha.

Decidi chamar um uber no primeiro momento,  pois já queria visitar a Associação das Paneleiras de Goiabeiras. Ver post completo clicando aqui.



Depois da visita, fui para Vila Velha com o mesmo uber. Peguei o contato do rapaz (que me pareceu muito educado e prestativo) e quando liguei, ele estava livre, sem passageiro.

Onde se hospedar: Vitória ou Vila Velha?

Eu escolhi Vila Velha por causa dos atrativos da região, como:

1- o Convento da Penha: um dos santuários religiosos mais antigos do Brasil e belíssimo mirante com uma vista panorâmica de Vitória.

Em 1568, o Frei Pedro Palácios construiu uma capela no alto do penhasco. A igreja possui referência de madeiras nobres em seu interior e a Virgem da Penha, vinda de Portugal em 1569.

Dica: o site do convento disponibiliza um link para que os interessados possam assistir a missa de domingo ao vivo.

Como subir?

Algumas pessoas sobem a pé. Acaba sendo um bom exercício matinal, para quem tem tempo. Mas, há um ponto de van, logo na entrada principal do convento. As saídas das vans são frequentes e com preço tabelado. 





2- o Morro do Moreno: para quem gosta de trilhas, um passeio imperdível!

Dica: Sugiro que façam em dias ensolarados e pela manhã, pois boa parte da trilha é feita num caminho de terra e sem proteção das árvores. 




3- o Farol de Santa Luzia: está localizado no final da Praia da Costa.

Ele ficou fechado para visitação por um longo período de tempo e em 2016, foi reinaugurado. Um monumento importante como sinalização marítima para os navios que entram no canal de Vitória.

Dica: como ele fica na área na Marinha, que possui a responsabilidade de fazer a sua manutenção, fiquem atentos para algumas regras importantes, como:

1- Não pode circular na área com trajes de banho, sem camisa ou com animais de estimação;
2- Não levar comida e bebida;
3- Não é permitido fumar, pescar ou mergulhar nessa área;
4- há estacionamento público na rua.

Atenção: fiquem atentos para os horários de visita, sendo que não abre na segunda-feira e há muita procura no final de semana. 





4- a Praia do Ribeiro: ela fica bem próxima do Farol de Santa Luzia.

Ponto principal onde os barqueiros e pescadores atracam os barcos em geral. Um lugar pequeno e calmo, mas não apropriado para prática de banho. 





5- a Praia Secreta: a entrada é bem discreta, localizada na via principal para o Farol de Santa Luzia.

Ela foi batizada com esse nome devido a promessa de construir um condomínio residencial perto dali. A empresa murou todo o terreno, que foi aberta uma passagem ao público, após o dono do terreno ter perdido uma ação judicial. A praia é pública!

Dica: ela é pequena, então, sugiro que cheguem cedo.






6- a Praia e Pedra da Sereia: fica localizada no canto da Praia da Costa.

Há uma boa infraestrutura no local, com hotel, restaurante e quiosque. A faixa de areia não é tão grande como a Praia da Costa, criando um ambiente mais reservado para as famílias. 

Entre uma praia e outra, você pode observar uma faixa de pedras avançando para o mar, batizada como Pedra da Sereia. 

Atenção: sugiro que não nadem para o fundo, pois identifiquei uma corrente marítima forte no local, que puxa bastante.  




7- a Praia da Costa: a praia mais famosa em Vila Velha, onde as famílias locais frequentam nos finais de semana. 

Há infraestrutura de quiosques, restaurantes e salva-vidas ao longo da orla. A areia é um pouco mais grossa e os esportistas aproveitam para praticar exercícios ao ar livre. 

Atenção: ela fica deserta durante a semana. 



8- Praia de Itapoã: conhecida como praia dos pescadores, ela é uma continuação da Praia da Costa.

Os quiosques vendem porções generosas de peixe fresco na orla, há badalação no calçadão e poucas pessoas na água, devido a correntes marítimas fortes.





9- Praia de Itaparica: ela é a outra ponta da orla de Vila Velha, continuação da Praia de Itapoã.

Há algumas ilhotas próximas, que podem ser visitadas através dos passeios de barco. Não tive tempo de conhecer, mas dizem que a água nas ilhotas é mais limpa.

A orla possui uma infraestrutura com boas opções de comida, inclusive a gastronomia capixaba, e uma ciclovia para pedalar. 





10- ilhas Itatiaia: ao todo são 7 ilhas que formam o arquipélago.

A melhor forma de chegar até as ilhas é pegando um barco de pescador, mas atenção!, veja primeiro a condição do barco e a idade do condutor. 

Você pode contratar o barco entre as praias de Itaporã e Itaparica, com as pessoas da Colônia dos Pescadores. 

Dicas: 

1- Importante fechar o tempo de permanência nas ilhas e pegar o celular do barqueiro. A mais visitada é a ilha Boqueirão. 

2- Peça para o barqueiro levar até a Ilha Pituã também. 

3- Mesmo com um tempo curto de travessia, até 10 minutos), o mar pode apresentar algumas ondas, então, fiquem de olho nas embarcações que possuem salva-vidas.


Foto ilustrativa retirada do Google
11- ilha Pituã: ela fica mais próxima do continente e os locais vão a nado.

Sugiro que aproveitem o passeio das Ilhas Itatiaia para conhecer a Itapuã também. Até onde eu sei, é permitido andar na ilha, onde apresenta cantinhos especiais com pequenas piscinas naturais, peixinhos e estrela do mar.

Atenção: seja um turista consciente e preserve a natureza para que ela possa permanecer viva e oferecer o mesmo encanto a novos visitantes.


Foto ilustrativa retirada do Google
12- Pedra do Urubu: ela fica localizada no Parque Natural Municipal Morro da Manteigueira.

Um parque que oferece turismo ecológico, trilhas e atividades voltadas para a preservação da natureza.




Foto ilustrativa retirada do Google GShow

Além do shopping Vila Velha e restaurantes na orla com uma diversidade na gastronomia. Não deixem de experimentar a moqueca e o bolo capixaba! Eles são divinos e a marca da região capixaba.




Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:

1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 



2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.








2 comentários:

  1. Oi Dani,

    Muito legal suas dicas do post, estou indo a Vilha Vela em julho e vou tentar aproveitar tudo que você escreveu. Encontrei inclusive ótimas promoções na viagem.

    Obrigada!
    Jessica, Voe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica, que notícia boa! Torcendo para que você aproveite e curta muito a sua viagem. Sempre bom encontrar promoções para os nossos destinos! Bjao

      Excluir

Obrigada por sua mensagem!