Praias no Espírito Santo

O que fazer em Caldas Novas?



   Caldas Novas está situada no estado de Goiás sendo conhecida por ser o maior lugar hidrotermal do mundo, tendo águas que brotam do chão em temperaturas bastante elevadas. O período chuvoso vai de novembro até março e a alta temporada entre maio até agosto.



   A minha primeira visita a Caldas Novas foi há muito tempo, quando eu era adolescente, e agora, conheci uma nova cidade, com muitos hotéis, restaurantes e grupos de pessoas circulando pela cidade. O turismo é a principal fonte de renda do município que é atraído pelo desejo de relaxar nas águas termais.

# Procurando hospedagem em Caldas Novas? Clique aqui para checar algumas sugestões.


   A minha chegada em Goiânia, capital do estado de Goiás foi pelo aeroporto internacional de Santa Genoveva e de lá, segui de carro até Caldas Novas. Caso não queiram ir de carro, há uma opção de van com hora marcada ou pegar o ônibus na rodoviária de Goiânia.

Aeroporto Internacional de Santa Genoveva
   A saída de Goiânia é pela BR-153 sentido Hidrolândia, percorrendo aproximadamente quarenta e dois quilômetros. 


GOIANIA - HIDROLÂNDIA: Mapa para reconhecimento do local.
   Antes de sair da cidade de Goiânia, no seu lado direito da pista, há a loja de fábrica dos biscoitos Mabel, que gostei de conhecer, os preços são bem em conta, além de ter relembrado épocas boas as quais esses biscoitos fizeram parte de minha merenda escolar.


GOIANIA
GOIANIA
   Chegando em Hidrolândia, seguir sentido Piracanjuba, com mudança de estrada para a GO-217, percorrendo mais cinquenta e um quilômetros.


HIDROLÂNDIA - PIRACANJUBAMapa para reconhecimento do local.

   Em Piracanjuba, você já encontra várias lojinhas na beira da estrada vendendo comida típica do lugar, como a fruta pequi, muito conhecida na região, que pode ser comida sem nenhum tratamento (mas cuidado que ela possui espinhos no meio), ou através de compotas em calda, molho concentrado como tempero ou pedaços pequenos já limpos e sem espinhos.


BARRACA DO NILSON: conserva de pequi.
   Parei na barraca do Nilson, o qual recebe todo mundo com muita simpatia e alegria em divulgar a cultura local para os interessados. Foi uma prosa agradável que tive com ele, desde comidas da região até seus clientes internacionais que compram em sua barraca temperos para elaboração de novos pratos.


NILSON 


   Além do pequi, ele mostrou outros produtos populares da região como a pimenta biquinho, polvilho pra fazer pão de queijo e tapioca, diversos tipos de farinha que os habitantes da região consomem nas refeições diárias, como no feijão tropeiro, doces caseiros e mel.


BARRACA DO NILSON: produtos da região.

BARRACA DO NILSON: produtos da região.
   Quem estiver interessado em fazer uma paradinha pra esticar as pernas e bater um dedo de prosa com ele, a barraca do Nilson fica um pouco antes do km 26 da GO-217.


   Voltando para a estrada são quase setenta e nove quilômetros de Piracanjuba até Caldas Novas pelo GO-217 e GO-139. No finalzinho da GO-139, você já estará bem pertinho de Caldas Novas.


PIRACANJUBA - CALDAS NOVAS: Mapa para reconhecimento do local.
   

Algo que percebi durante esse percurso foi a quantidade de postos de gasolina. Se por acaso, o tanque estiver meio vazio e pintar a dúvida se deve parar pra abastecer ou não, melhor abastecer, porque o próximo posto de gasolina pode demorar um pouquinho pra chegar.


PÔR DO SOL visto da estrada indo para Caldas Novas. Impossível não parar para contemplação.
   Logo na entrada da cidade fica o Monumento das Águas formado por cascatinhas e um belo jardim. Dizem que ele foi construído para proporcionar paz e tranquilidade às pessoas que passam por ali. E nisso eu concordo, o barulhinho da água é um santo remédio para relaxar a mente. Não é à toa que aquelas fontes em miniatura são vendidas por todo o lado.

CALDAS NOVAS: MONUMENTO DAS ÁGUAS
   Entrando na cidade, você já circula por ruas de comércio que ficam ao redor de praças principais, como: Praça da Matriz, onde fica localizada a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores; Praça Mestre Orlando, onde o wifi é liberado para a população local; e a Praça Quatro Rodas, onde fica o parque de diversões.

CALDAS NOVAS: PRAÇA DA MATRIZ 
CALDAS NOVAS: IGREJA MATRIZ NOSSA SENHORA DAS DORES
CALDAS NOVAS: PRAÇA MESTRE ORLANDO.
CALDAS NOVAS: PRAÇA MESTRE ORLANDO
CALDAS NOVAS: PRAÇA QUATRO RODAS
   O comércio local é quase todo voltado para atividades em piscinas, são inúmeras lojas, uma ao lado da outra, vendendo boias para crianças de todos os formatos, tamanhos e cores, roupa de banho, saídas, roupões, chinelos, são muitos produtos sendo comercializados.

CALDAS NOVAS
CALDAS NOVAS
CALDAS NOVAS: chinelo muito usado pelas senhoras para não escorregar. Vendido na loja Spaço Fitness
   A rede de hotelaria na cidade é grande, oferecendo desde simples pousadas até hotéis de cinco estrelas, então a escolha vai depender de sua disponibilidade. Quase todos oferecem café da manhã e as outras refeições são muito bem servidas nos restaurantes da cidade.

   Alguns restaurantes me chamaram a atenção pelo serviço diferenciado, bom atendimento e comida bem preparada. Não sou uma pessoa de ficar indicando restaurantes porque acho que cada um tem o seu gosto próprio para comida, mas tenho que comentar sobre alguns  aos quais me cativaram pela simpatia no atendimento e preparação da comida:

  • Aroma's restaurante: oferece uma comida caseira deliciosa e o seu sistema é estilo buffet, com um valor fixo. Além da comida bem feita, os donos recebem seus clientes com muita simpatia. Adorei conhecer e bater um papo com o casal de donos do local: Priscilla e Marcelo. (Video do restaurante no Youtube)



  • Dody's restaurante: oferece desde pratos executivos até os típicos da região como o peixe na telha. O garçom José Divino e o maître Moisés me receberam muito bem, explicando com calma e atenção às opções de pratos da casa.

CALDAS NOVAS: GARÇOM JOSÉ DIVINO
CALDAS NOVAS: PEIXE NA TELHA.
  • Los Sartes Paletas: oferece picolé paleteiro. Os brasileiros da região Sudeste já conhecem esse conceito novo de picolé, mas o que chamou a minha atenção foi a excelente recepção da Erica, funcionária do quiosque.

CALDAS NOVAS: ERICA
   Sem sombra de dúvida, os goianos são muito receptivos, gostam de um bom papo e recebem bem seus visitantes. E eu, como uma eterna curiosa, tive a oportunidade de conversar não só com essas pessoas que foram citadas anteriormente, mas com outras, como: vendedores de lojas, jornaleiros e funcionários do hotel, que compartilharam dicas do lugar e me deixaram conhecer um pouco o dia a dia deles.

   Sobre os sorvetes, não deixem de experimentar os picolés das frutas da região, eles são um atrativo a parte, talvez seja difícil encontrá-los em outra região do país. Há uma variedade grande de sorveterias e cada uma com seu cardápio de lamber os beiços.

   São muitos os pontos atrativos na cidade, desde jardins de paisagismo até os parques aquáticos. Listarei os mais conhecidos e visitados abaixo.

Dentro da cidade:

  • Jardim japonês: originário dos templos budistas, eles são sinônimo de meditação, contagiando paz, harmonia e energia positiva.



CALDAS NOVAS: JARDIM JAPONÊS
  • Casarão dos Gonzaga: construído em 1907 como sede de fazenda, é a construção mais antiga da cidade e hoje abriga o Centro de Apoio ao Artesão. Ele também é um museu com móveis antigos exibindo os hábitos e costumes de habitantes que viveram em épocas passadas.

CALDAS NOVAS: CASARÃO DOS GONZAGA (foto da web para ilustração)
  • Cachaçaria Vale das Águas Quentes: produzem cachaças artesanais, na tradição dos alambiques com premiação nacional e internacional. Além da cachaça, há diversos tipos de licores e produtos típicos da região que estão à venda na loja. Não deixem de degustar o sorvete de rapadura, uma delicia! E caso queiram visitar a fábrica, é necessário que se faça uma pré-reserva.
CALDAS NOVAS: CACHAÇARIA VALE DAS ÁGUAS
CALDAS NOVAS: SORVETE DE RAPADURA
  • Passeio de trenzinho: conversei com o sr Flávio, responsável pelo trenzinho que percorre a cidade levando os visitantes nos pontos turísticos. O ponto do trenzinho é nao lado do Hotel Triângulo e funciona com o mínimo de vinte pessoas. O valor por cada pessoa, em setembro de 2015, é de R$15,00 com duração de duas horas, passando nos seguintes pontos: Cachaçaria Vale das Águas Quentes, santuário Nossa Senhora da Salete, Casarão dos Gonzagas, malharia de Gramado ao lado do shopping Serra Verde, Jardim Japonês e Monumento das Águas.
         Contato: (64) 9237-0320 ou (64) 8135-7106
CALDAS NOVAS: TRENZINHO
CALDAS NOVAS: TRENZINHO
Fora da cidade a sua diversão é nos clubes, lagos, parques e piscinas termais:

  • Parque Estadual da Serra: criado em 1970 para proteger o principal ponto de recarga do lençol termal da região. A reserva tem duas trilhas, Cascatinhas e Paredão, que levam a mirantes e cachoeiras.
CALDAS NOVAS: SERRA DE CALDAS AO FUNDO.
  • Lago de Corumbá: além de abastecer a usina hidrelétrica de Corumbá, o lago é famoso pela prática de esportes aquáticos e com infraestrutura para pesca esportiva.

  • Parque das Fontes e Hot Park: dezoito nascentes abastecem as diversas piscinas, corredeiras, toboáguas e lagoas. Estão localizados no município de Rio Quente a trinta e um quilômetros de Caldas Novas. O parque tem uma ótima infraestrutura e há diversão garantida o dia todo. O visitante pode passar o dia no local ou fazer uma reserva para se hospedar no Rio Quente Resorts. Lá, os visitantes ficam à vontade para utilizar a piscina quantas vezes quiserem, além do fácil acesso ao Parque das Águas e Hot Park.

RIO QUENTE RESORT: da primeira vez que fui a Caldas Novas.
  • Lagoa quente de Pirapitinga: dizem que é onde fica as nascentes mais quentes da região, podendo ultrapassar uma temperatura de cinquenta graus celsius. O Poço de Ovotrouxe fama para o lugar, dizem que a água é tão quente que pessoas cozinhavam ovos lá.
  • Lagoa Termas Parque
  • Náutico Praia Clube
  • Clube Privé
  • Water Park

   Obs: não tive a oportunidade de conhecer os parques que mencionei por último.

   Na volta, registrando algumas passagens até Goiânia.






MUITAS CASAS DE CUPIM NA BEIRA DA ESTRADA.







Booking.com

Nenhum comentário

Obrigada por sua mensagem!