Praias no Espírito Santo

Primeira nadada em Copacabana

As Primeiras bracadas foram perto do Forte de Copacabana, pois ha uma protecao natural do forte fazendo com que a onda quebre fora da extensao da praia ate o posto 5.

   Iniciei na natação no mar em 2012 e nunca mais quis fazer outro esporte, finalmente encontrei algo que tenho muito prazer em fazer e a cada mergulho, me sinto realizada como nadadora. Mas posso dizer que ainda sou uma novata e a cada dia aprendendo mais e mais e prestando sempre muita atenção nas dicas e sugestões de amigos.



  Antes de mais nada, tenho que agradecer aos meus pais pelo incentivo desde pequena em me matricular numa escolinha de natação. Sem essa iniciação, nada o que faço hoje seria possível. Mamãe sempre diz que quando eu era piturrucha, sentava na beirada da piscina e não tinha quem me fizesse entrar na água.. kkk.. como são as coisas, hein? Hoje em dia não quero mais sair dela.

  Agradeço também a minha irmã, que me mostrou novas perspectivas de esporte e lazer, aos integrantes da equipe Fura Onda que me receberam de bracos abertos, muito pacientes em explicar medidas de segurança e organizar nadadas inesquecíveis em 2012. Obrigaduuuuu! ;-)

  A natação no mar não pode ser igualada, nem de longe, com a natação na piscina. Há muitos cuidados a serem respeitados, seguidos e o aprendizado é constante! O mar é como uma caixinha de surpresas, pois um dia ele está como uma piscina olímpica, calmo e sereno e no outro, super mexido, apresentando correntes fortes e frias. Tem gente que diz que ele é um menino travesso e de vez em quando faz de suas travessuras pra assustar os desavisados.

  Atenção minha gente: evitem ao máximo de entrar no mar sozinhos, estejam sempre acompanhados de alguém que já tenha experiência ou com uma equipe profissional preparada pra socorrer em caso de alguma emergência!

  O lema de qualquer nadador é atenção, respeito e humildade com a mãe natureza!

Copacabana: Dona Marlene e eu na minha primeira nadada. Ela pode não saber, mas é minha madrinha do mar.                                    (Foto de Galvani Cavalcante)

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Falou tudo! kkk... uma delicia!
      Vem nadar comigo! ;-)

      Excluir
  2. Que esporte maravilhoso! Não tenho esta coragem... rs quem sabe um dia!!! :)

    ResponderExcluir
  3. Que esporte maravilhoso! Não tenho esta coragem... rs quem sabe um dia!!! :)

    ResponderExcluir
  4. Que esporte maravilhoso! Não tenho esta coragem... rs quem sabe um dia!!! :)

    ResponderExcluir
  5. Nao s'o o esporte 'e incrivel, mas as pessoas que conheci atraves dele tambem. Elas sao otimas! A boa energia contagia a todos e nos faz subir montanhas, quer dizer, atravessar mares.. kkk... ;-)

    ResponderExcluir
  6. Ótimas dicas, Dami! Quando eu "crescer", quero nadar como você. To no caminho. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk.. vamos crescer juntas.. Adorando a sua disposição para enfrentar desafios! Parabéns!

      Excluir

Obrigada por sua mensagem!